DESASTRES/INFORMAÇÕES PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE E GESTORES
Informações para Profissionais da Saúde e Gestores
Slider

 

 

Vigilância

Diante dos riscos que os desastres podem causar à saúde, é fundamental articular a prestação de serviços essenciais para proteção e garantia do bem estar da população afetada, especialmente a garantia do fornecimento de água potável, orientação para a disposição de excrementos humanos e de resíduos sólidos, segurança alimentar, controle de vetores, saneamento básico e higiene doméstica.

________________

No Sistema Único de Saúde, a vigilância em saúde ambiental dos riscos associados aos desastres (vigidesastres), estabelece estratégias para a atuação em desastres de origem natural e tecnológica.

 

 

SUS nos desastres
Slider

 

 

Quais são as principais responsabilidades do Sistema Único de Saúde na gestão do risco de desastres?

________________

°

Organizar e promover ações de redução do risco, manejo do desastre e de recuperação no âmbito do Setor Saúde;

°

Realizar um diagnóstico técnico e adequado das vulnerabilidades e dos recursos do Setor Saúde;

°

Articular e coordenar, intra e intersetorialmente, uma ação conjunta ordenada;

 

°

Elaborar e implementar planos específicos ou de contingência para o setor saúde em geral, segundo suas diferentes esferas de gestão;

°

Organizar e implementar um sistema de comunicações, de preferência coordenado com outros setores;

°

Capacitar e treinar os recursos humanos do setor saúde para uma ação adequada no âmbito de sua jurisdição;

°

Realizar ações de educação em saúde junto à população;

°

Avaliar danos e necessidades de saúde;

 

 

 

 

 

Como o SUS deve intervir na ocorrência de um desastre?

________________

°

Garantir a assistência médica (pré-hospitalar e hospitalar) aos diretamente afetados, incluindo as intervenções na área da saúde mental, prevenindo surtos epidêmicos, por meio de uma higiene adequada, alimentação segura e água potável;

°

Orientar a adoção de medidas para manutenção das condições higiênico-sanitárias em abrigos;

°

Promover ações de educação em saúde, incluindo a orientação para boas-práticas na manipulação de alimentos, provisão e consumo de água segura, redução de criadores de vetores, vigilância de doenças transmissíveis, entre outros;

 

°

Restabelecer o funcionamento da rede de serviços e os programas de saúde previamente estabelecidos.

°

Realizar, junto à localidade de ocorrência, o monitoramento da qualidade da água para consumo humano.

 

 

 

 

 

 

 

Gestão de Risco
Slider

 

O processo de gestão do risco no SUS deve englobar todos os níveis potencialmente envolvidos na atuação em desastres, considerando desde um evento de pequeno porte onde os recursos locais (municipais) são suficientes, até um evento que supere a capacidade local de atendimento, podendo o município recorrer ao apoio estadual, regional ou nacional, dependendo do nível da emergência ou desastre.

________________

O planejamento prévio deve definir estratégias e ações para:
  • Conhecer o risco

    Identificar ameaças e vulnerabilidades do território

  • Promover a redução do risco

    Prevenir, mitigar e preparar

  • Manejar o desastre

    Alertar e responder

  • Se recuperar dos seus efeitos.

    Reabilitar e reconstruir

Como em todo processo de atuação em desastres, o planejamento deve ser avaliado e atualizado constantemente, permitindo que novas estratégias sejam definidas, quando necessário.

 

 

Kits de Medicamentos e Insumos estratégicos
Slider

 

 

O Ministério da Saúde dispõe de kits de medicamentos e insumos estratégicos, para atendimento aos municípios atingidos por desastres de origem natural, associados às chuvas, ventos e granizo.

________________

 

O kit é composto por

30

itens de medicamentos e

18

itens de insumos estratégicos para o atendimento de até

500

pessoas desabrigadas e desalojadas por um período de três meses.

 

Quem pode solicitar?

 

Quem pode solicitar?

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) deve solicitar apoio à respectiva Secretaria Estadual de Saúde (SES), devidamente instruído com relatório de avaliação dos danos e das necessidades identificadas em razão do desastre. Caso a SES não tenha condições de apoiar a SMS, deve, por sua vez, solicitar apoio diretamente ao Ministério da Saúde, por meio do Departamento de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador.

 

Como solicitar?

 

Como solicitar?

Clique no botão abaixo para baixar a

 

 

Para mais informações acesse o Portal da Saúde