AGROTÓXICOS/REDUÇÃO DE RISCO
Redução de Risco
Conheça os cuidados que devem ser tomados para minimizar os riscos à saúde provocados pela exposição a agrotóxicos.
Slider

 

 

FAÇA SUA PARTE

Reduzir os riscos da exposição aos agrotóxicos é possível e necessário. Logo abaixo você encontra as maneiras de fazê-lo nos ambientes e nos produtos nos quais estes agrotóxicos são mais utilizados e onde é mais provável de se encontrar resíduos.

________________

 

 

Image is not available
Alimentos
Image is not available
Domicílio
Image is not available
Trabalho
Slider
Alimentos
Slider
Image is not available
Embora os resíduos de agrotóxicos em alimentos sejam avaliados e monitorados pelo setor saúde, algumas medidas podem ser adotadas para reduzir ainda mais os riscos de alimentos com resíduos acima do permitido ou não autorizados.
________
Lave bem os vegetais e frutas com água corrente, até mesmo os que serão descascados
Dê preferência aos alimentos orgânicos e oriundos de produção agroecológica
Descarte a folhagem externa de alfaces, repolhos e vegetais semelhantes;
Coma sempre vegetais e frutas variados
Isso evita a exposição contínua e excessiva a um mesmo princípio ativo, já que os diferentes tipos de plantio exigem agrotóxicos específicos.
Remova a gordura e as peles das carnes
Isso reduz a ingestão de resíduos de agrotóxicos que possam ter se acumulado nesses tecidos
Dê preferência aos alimentos da época ou da safra
Além de mais baratos esses alimentos precisam de menos intervenções tecnológicas para a sua produção.
Slider
Domicílio
Slider
Image is not available
Os produtos de uso domissanitário para combater insetos, ratos e em jardinagem, geralmente contêm agrotóxicos em sua formulação. A utilização desses produtos pode oferecer riscos à saúde da família, especialmente à saúde de crianças, idosos, gestantes e lactentes.
________
A aplicação e a manipulação dessas substâncias no lar são desaconselhadas. Não havendo outras alternativas disponíveis, os seguintes cuidados devem ser tomados para minimizar os riscos à saúde:
Contrate profissionais ou empresas especializadas no extermínio de pragas
Verifique se eles possuem registro no Órgão Ambiental do seu território e na Vigilância Sanitária
Respeite as orientações dos dedetizadores e jamais entre na casa antes do tempo recomendado
Pergunte sempre o nome do produto que foi aplicado e evite os fumacês e produtos na forma de “spray”.
Quando você for utilizar o produto, leia sempre as orientações do rótulo.
Fique atento as orientações de segurança e a forma que devem ser utilizados.
Não utilize quantidades superiores às indicadas no rótulo
As doses indicadas já são suficientes para combater as pragas. Quantidades maiores apenas aumentarão o risco de intoxicação de humanos e animais de estimação, além de desperdiçar os produtos
Não utilize agrotóxicos destinados ao combate de uma praga específica para combater outros tipos de praga
Isso reduz a ingestão de resíduos de agrotóxicos que possam ter se acumulado nesses tecidos
Evite utilizar “fumacê”, aplicadores costais ou produtos em forma de spray
Ao comprar produtos na forma de iscas considere a forma de apresentação.
Iscas em embalagens fechadas e colocadas em locais de difícil acesso são mais seguras para animais domésticos e crianças.
Não compre raticidas ou domissanitários que não sejam registrados na Anvisa.
São produtos altamente tóxicos e ineficazes para os alvos a que se destinam. Uma das principais causas de intoxicação grave é o “chumbinho”, produto que não tem autorização e registro como raticida e não é eficiente no controle de roedores.
Guarde os produtos em local seguro, longe de alimentos e fora do alcance de crianças e animais
Mantenha os produtos na embalagem original e verifique no rótulo a maneira adequada de descarte.
Lave sempre as mãos após a utilização de agrotóxicos
Slider
Trabalho
Slider
Image is not available
Como a utilização de agrotóxicos é bastante diversificada nas atividades econômicas, muitos trabalhadores são expostos a essas substâncias.
________
Para reduzir os impactos negativos à saúde, os trabalhadores devem tomar os seguintes cuidados:
Use os Equipamentos de Proteção Individual e Coletiva (EPI e EPC) indicados para cada tipo de agrotóxico
Não guarde os equipamentos de proteção individual/coletiva junto aos agrotóxicos
Respeite o período indicado na bula para circular nas áreas tratadas com agrotóxico e, se necessário entrar na área, utilize EPI.
Lave as mãos e tome banho com sabão e água corrente após a utilização de agrotóxicos
Sempre lave as roupas do trabalho antes de reutilizá-las
Utilize luvas durante a lavagem
Não lave as roupas do trabalho junto com as da família
Não utilize quantidades superiores às indicadas na bula do produto.
Quantidades maiores aumentarão o risco de intoxicação do trabalhador e o Limite de Resíduo do Agrotóxico no alimento será maior que o permitido. Evite o desperdício e cuide da sua saúde.
Não utilize agrotóxicos destinados a uma finalidade específica para combater outros tipos de praga
Não tente desentupir bicos com a boca
Você poderá ingerir agrotóxicos acidentalmente
Siga as orientações do agrônomo, do receituário e da bula do produto.
Em caso de intoxicação procure o serviço médico, informando sempre o produto utilizado.
Os Centro de Informação e Assistência Toxicológica possuem profissionais treinados para orientar: 0800-722-6001
Slider

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

MAIS

Outras informações importantes para reduzir o risco à saúde pela exposição aos agrotóxicos:

 

 

Período de Carência

 

Período de Carência

 

O período de carência é o intervalo de tempo, em dias, entre a aplicação do agrotóxico e a colheita do produto agrícola. Respeitar o período de carência é muito importante para que o alimento colhido não possua resíduos de agrotóxicos em níveis acima do limite máximo permitido pelos órgãos fiscalizadores. As informações relativas ao período de carência podem estar no rótulo e no receituário agronômico.

Em caso de dúvidas, procure a orientação de um profissional habilitado.

 

 

Cuidados com embalagens
________
Como lavar e devolver com segurança as embalagens vazias de agrotóxicos?
A lavagem depende do tipo da embalagem, que podem ser classificadas como flexíveis, rígidas ou secundárias (não entram em contato direto com as formulações de agrotóxicos).
Slider

Flexíveis

 

Flexíveis

 

As embalagens flexíveis devem ser completamente esvaziadas e armazenadas em embalagens de resgate, que podem ser adquiridas no estabelecimento onde o produto foi comprado.

 

Rígidas

 

Rígidas

 

As embalagens rígidas plásticas, metálicas ou de vidro, devem ser submetidas à tríplice lavagem, desde que não sejam de produtos para tratamento de sementes, pois estas não devem ser lavadas, mas tampadas e armazenadas em caixas.

 

 

O agricultor deverá devolver as embalagens vazias, tampas e rótulos no estabelecimento indicado na nota fiscal de compra do produto até 1 ano após a compra.